Conteúdo

Home

História Geral

História do Brasil

Atualidades

Cultura

Biografias

Curiosidades

 

Cronologia

Brasil

Mundo

 

Calendário

Datas Comemorativas

 

Links

Enem

Fuvest

Prouni

Mec

Une

 

 

 

 

 

 

 

Atualidades

EUA: o atentado de 11 de setembro

Em 11 de setembro de 2001, o maior atentado terrorista da História destruiu as torres gêmeas do World Trade Center, em Nova York, e o edifício do Pentágono, em Washington.

Aviões civis seqüestrados foram utilizados para atingir os alvos. Mais de 3000 pessoas morreram nos ataques.

 

Acredita-se que Nova York foi escolhida por causa da repercussão do ataque: as torres do World Trade Center eram um símbolo do poderio americano, reunindo corretoras de valores e empresas nacionais e estrangeiras, e reuniam numa pequena área uma grande concentração de pessoas.

 

Os ataques de 11 de setembro mostraram que a ameaça não está apenas em bombas químicas ou atômicas, mas em ações surpreendentes de terroristas suicidas. O presidente George W. Bush acreditava poder proteger o país instalando um escudo antimíssil.

 

A organização responsável pelos ataques foi a Al Qaeda (organização islâmica radical), liderada pelo milionário saudita Osama Bin Laden.

 

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, afirmou na ocasião que os terroristas seriam encontrados e entregues à justiça. Declarou também que as nações que apóiam e protegem os terroristas poderiam sofrer represálias.

 

Apoiados pela maior parte da comunidade internacional, os Estados Unidos iniciaram em 7 de outubro os bombardeios ao Afeganistão, país que abrigava Osama Bin Laden e era governado por uma milícia islâmica radical, o "Talibã".

25/06/07

 
 

 

 

 

 
 
 

 

 

 

 

©HistóriaMais 2005/2014    Política de Privacidade     historiamais@historiamais.com