Conteúdo

Home

História Geral

História do Brasil

Atualidades

Cultura

Biografias

Curiosidades

 

Cronologia

Brasil

Mundo

 

Calendário

Datas Comemorativas

 

Links

Enem

Fuvest

Prouni

Mec

Une

 

 

 

 

 

 

 

Cronologia Brasil

Principais Fatos que marcaram a História do Brasil

Brasil Colônia

1500 - Expedição de Cabral chega ao Brasil.

1501 - Primeiras expedições de reconhecimento da costa.

1504 - Navegantes franceses chegam ao Brasil para exploração.

1530 - Dom João III institui o regime de capitanias hereditárias. Expedição colonizadora de Martim Afonso ao Brasil.

1532 - Fundação, por Martim Afonso, da primeira vila do Brasil, a Vila de São Vicente.

1534 - O Brasil é dividido em capitanias hereditárias. Início da escravização do índio no Brasil.

1543 - Braz Cubas funda a primeira Santa Casa do Brasil.

1548 - Cria-se o governo-geral com o intuito de centralizar a administração da Colônia.

1549 - É fundada a cidade de Salvador e instituído o primeiro governo geral do Brasil com Tomé de Souza.

1550 - Tem início a criação de gado bovino no Brasil, com chegada de espécies. Chega a Salvador a primeira leva de escravos africanos.

1554 - Padre Manoel da Nóbrega funda o Colégio de São Paulo.

1555 - Os franceses fundam a França Antártica, no Rio de Janeiro.

1562 - João Ramalho torna-se capitão-mor de São Paulo de Piratininga.

1563 - Estácio de Sá funda a cidade de São Sebastião (Rio de Janeiro).

1567 - Os franceses são expulsos do Rio de Janeiro.

1570 - Carta régia garante liberdade aos índios.

1571 - Dom Sebastião decreta que somente navios portugueses transportem mercadorias para o Brasil.

1578 - Francis Drake e outros corsários ingleses exploram pau-brasil no Maranhão.

1580 - Início do domínio espanhol, também chamado União Ibérica.

1584 - Os portugueses iniciam a conquista da Paraíba, enfrentando incursões francesas.

1585 - Martim Leitão constrói o forte em torno do qual cresceu a atual cidade de João Pessoa.

1586 - Portugueses e espanhóis tentam, sem êxito, expulsar os franceses da Paraíba.

1587 - Barcos estrangeiros são proibidos de aportar no Brasil. O capitão inglês Thomas Cavendish pratica atos de pirataria em São Vicente.

1595 - Ataque do corsário inglês James Lancaster no Recife. Lei de Filipe II proíbe a escravização dos índios.

1596 - Ingleses estabelecem feitorias no delta do Rio Amazonas.

1599 - Jerônimo de Albuquerque pacifica os portugueses na Paraíba e funda Natal.

1603 - A Coroa portuguesa decreta o monopólio geral da pesca da baleia.

1605 - Governo espanhol proíbe os estrangeiros de desembarcar no Brasil e nas demais partes do Ultramar português.

1612 - Os franceses invadem o Maranhão e fundam a França Equinocial.

1615 - Jerônimo de Albuquerque, Alexandre Moura e Francisco Caldeira apoderam-se do forte de São Luiz do Maranhão, derrotando a França Equinocial.

1616 - Francisco Caldeira funda no Paraná a cidade de Santa Maria do Belém.

1619 - Índios Tupinambás se revoltam, mas são derrotados no Pará.

1621 - Coroa Espanhola cria o Estado do Maranhão (Maranhão, Ceará e Pará), desligado de subordinação do Brasil.

1624 - Holandeses invadem a Bahia; os portugueses organizam a resistência.

1625 - Com o apoio da esquadra espanhola, os holandeses são expulsos da Bahia.

1630 - Os holandeses atacam Pernambuco e se estabelecem.

1637 - Nassau, governador holandês de Pernambuco, expulsa as tropas luso-brasileiras em direção à Bahia.

1638 - Tem início a expedição de João Dias em direção ao sul do país.

1640 - Procuradores da Capitania de São Vicente expulsam os jesuítas. Termina o domínio espanhol.

1644 - Desentendendo-se com a Companhia das Índias Ocidentais, Maurício de Nassau deixa o cargo de governador.

1645 - Insurreição dos luso-brasileiros de Pernambuco contra os holandeses.

1648 - Francisco Barreto derrota os holandeses na primeira Batalha dos Guararapes.

1654 - Expulsão definitiva dos holandeses do Brasil.

1661 - Os holandeses reconhecem, em tratado de paz, a perda da colônia do Brasil. Aliança com Portugal autoriza o comércio dos ingleses no Brasil e nas Índias.

1669 - Francisco de Mota Falcão ergue o Forte de São José do Rio Negro (atual Manaus).

1671 - Decreto libera entrada de navios estrangeiros em portos brasileiros.

1674 - Bandeira de Fernão Dias Pais Leme parte em direção ao sertão de Minas Gerais.

1684 - Explode, no Maranhão, a Revolta liderada pelo senhor de engenho Manuel Beckman.

1685 - Construídos quatro fortes na região amazônica, ameaçada pelos franceses de Caiena. A Coroa Portuguesa proíbe a produção de manufaturas no Brasil.

1694 - É montada na Bahia a primeira Casa da Moeda. Primeiras notícias de descoberta de ouro em Minas Gerais.

1701 - É proibida a criação de gado numa faixa de dez léguas a partir do litoral.

1702 - É criada a Intendência das Minas, tendo como função básica distribuir terras para a exploração do ouro e cobrar tributos para a Fazenda Real.

1708 - Tem início a Guerra dos Emboabas.

1710 - Explode a Guerra dos Mascates, conflito entre os senhores de engenho de Olinda e os comerciantes de Recife.

1711 - Carta Régia eleva São Paulo à categoria de cidade.

1713- Tratado de Utrecht; a França aceita o rio Oiapoque como limite entre a Guiana e o Brasil.

1715 - Tratado de Utrecht; a Espanha concorda em devolver a Colônia do Sacramento a Portugal.

1720 - Criação das Casas de Fundição. Nesse ano, explode a Revolta de Vila Rica, em protesto contra a criação das Casas de Fundição.

1722 - Expedição de Bartolomeu Bueno da Silva, o Anhanguera, que descobriria ouro no sertão goiano.

1727 - O governador Rodrigo César funda Cuiabá.

1728 - Descobertas as primeiras jazidas de diamantes em Serro Frio (Diamantina).

1729 - Tem início a produção de diamantes no arraial do Tijuco, atual cidade de Diamantina, em Minas Gerais.

1747 - Alvará régio confisca os tipos de imprensa existentes no Brasil.

1750 - Firmado o Tratado de Madri, reconhecendo o domínio de Portugal sobre os territórios a oeste do meridiano de Tordesilhas.

1752 - Colonos açorianos chegam ao Rio Grande do Sul; algumas famílias se estabelecem em Porto dos Casais (futura Porto Alegre).

1759 - Os jesuítas são expulsos do Brasil.

1761 - Acordo do Pardo em que Espanha e Portugal anulam o Tratado de Madri.

1763 - A capital do Estado do Brasil é transferida de Salvador para o Rio de Janeiro.

1765 - Foi decretada a derrama, pela qual obrigava-se a população mineradora a completar a soma acumulada do imposto devido.

1766 - Introduzido o plantio de arroz no Maranhão.

1771 - Começa a funcionar a Intendência dos Diamantes.

1777 - Tratado de Santo Ildefonso: a Espanha ficaria com a Colônia do Sacramento e a região dos Sete Povos das Missões, (mas devolveria terras que havia ocupado nos atuais Estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul).

1789 - Denunciada a Inconfidência Mineira.

1792 - Tiradentes é condenado à morte; os outros inconfidentes, a degredo.

1798 - Descoberta a Inconfidência Baiana; enforcamento de quatro conjurados. Abolido o monopólio real da pesca da baleia.

1801 - Tratado de Badajós: a Espanha renuncia à posse dos Sete povos das Missões, e Portugal confirma o direito espanhol à Colônia do Sacramento.

1808 - A Corte Portuguesa se instala no Rio de Janeiro.

1810 - Portugal e Inglaterra assinam um tratado de comércio. Início da pressão inglesa para extinção do tráfico negreiro no Brasil. Em Sorocaba, instala-se a Fábrica de Ferro Ipanema.

1815 - Elevação do Brasil à categoria de Reino Unido ao de Portugal e Algarves.

1817 - Eclosão da Revolução Pernambucana.

1818 - O príncipe regente torna-se rei, com o título de Dom João VI. Criação da colônia suíça de Nova Friburgo, no Rio de Janeiro.

1820 - Chega ao Brasil a notícia da Revolução do Porto.

1821 - Conquista da Banda Oriental, sobe o nome de Província Cisplatina, ao Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves. São eleitos representantes do Brasil às Cortes Portuguesas. Dom João VI retorna a Portugal.

1822 - O príncipe regente Dom Pedro se recusa a deixar o Brasil (Dia do Fico). Dom Pedro proclama a independência do Brasil.

Topo

 

Cronologia:

Império

República I

República II

 

 

 

 

 
 
 

 

 

 

 

©HistóriaMais 2005/2014    Política de Privacidade     historiamais@historiamais.com