Conteúdo

Home

História Geral

História do Brasil

Atualidades

Cultura

Biografias

Curiosidades

 

Cronologia

Brasil

Mundo

 

Calendário

Datas Comemorativas

 

Links

Enem

Fuvest

Prouni

Mec

Une

 

 

 

 

 

 

 

História do Brasil

O Governo JK

Juscelino Kubitschek de Oliveira governou o Brasil de 31 de janeiro de 1956 a 31 de janeiro de 1961. Foi um dos governos brasileiros mais estáveis e democráticos que já tivemos. Apesar disso, por pouco ele não tomou posse.

Descontentes com sua vitória nas urnas, oficiais da Aeronáutica e da Marinha tentaram dar um golpe que foi frustrado graças à intervenção do ministro da Guerra, general Henrique Teixeira Lott.

  O governo estabelece um plano de metas que trazia como lema a frase "cinquenta anos em cinco".

O lema do governo JK de 50 anos de desenvolvimento econômico em 5 anos de governo sintetizava seu ideal: conduzir o Brasil a um rápido crescimento econômico. Considerava-se que a aceleração da industrialização resolveria os grandes problemas nacionais. Para tanto, havia um Plano de Metas, um programa de governo que previa uma distribuição de investimentos para setores fundamentais da economia.

Para financiar o desenvolvimento, o país recorreu ao capital estrangeiro. Houve estímulo para a indústria automobilística, com a instalação de fábricas da Ford, General Motors, Volkswagen e Willys.

 O marco definitivo do governo de JK foi a construção de Brasília, projetada por Lúcio Costa e Oscar Niemeyer. Muitos trabalhadores nordestinos foram atraídos para a obra. Brasília foi inaugurada em 21 de abril de 1960. o Brasil passa a ter uma nova capital.

A política de desenvolvimento de Juscelino trouxe, porém, aumento da inflação, que levou o Brasil para uma crise econômica que seria “empurrada” para os governos futuros.

01/10/05

 

 

 

 

 
 
 

 

 

 

 

©HistóriaMais 2005/2014    Política de Privacidade     historiamais@historiamais.com