Conteúdo

Home

História Geral

História do Brasil

Atualidades

Cultura

Biografias

Curiosidades

 

Cronologia

Brasil

Mundo

 

Calendário

Datas Comemorativas

 

Links

Enem

Fuvest

Prouni

Mec

Une

 

 

 

 

 

 

 

História do Brasil

A Mineração

Desde o início da colonização, Portugal preocupou-se em encontrar metais preciosos no Brasil, porém as primeiras minas só foram descobertas no final do século XVII.

Nesta época, bandeirantes paulistas deixaram a vila de São Paulo em direção aos sertões, buscando metais preciosos.

A notícia fez com que muita gente se concentrasse na região de Minas Gerais. Essa concentração culminou na Guerra dos Emboabas (1708-1709), conflito que exigiu a intervenção da coroa portuguesa.

Após o conflito, os paulistas avançaram para oeste (Mato Grosso e Goiás), onde encontraram novas jazidas de pedras preciosas.

Foi criada a Intendência das Minas, órgão da coroa para fiscalização dos produtos.

  Em 1720, foram criadas as Casas de Fundição, onde era cobrado o quinto, ou seja, o imposto que deveria ser pago à coroa pelo ouro extraído.

 

  Na mesma época, organizou-se a Revolta de Vila Rica, liderada por Felipe dos Santos contra a rígida fiscalização portuguesa, abafada com violência pela coroa. Portugal passava por dificuldades políticas e econômicas. As dificuldades reforçaram a dependência financeira em relação à Inglaterra.

Lavagem do ouro. Obra de Rugendas.

Em 1703, Portugal assinou o Tratado de Methuem, no qual a Inglaterra comprometia-se a comprar o vinho português e, em troca, Portugal comprava os tecidos ingleses.

 Esse tratado desfavorecia a balança comercial portuguesa, pois as manufaturas inglesas custavam mais do que o recebido pela exportação dos vinhos.

 O ouro brasileiro tornou-se uma forma de compensar os prejuízos portugueses.

 Para efetivar essa compensação, foram deliberadas as seguintes normas:

Deslocamento do eixo econômico no Nordeste para as regiões Sudeste e Centro-Oeste.

Abastecimento da região mineradora por gêneros alimentícios vindos de São Paulo e Rio Grande do Sul, gerando trocas internas.

Mudança da capital do Brasil de Salvador para o Rio de Janeiro, entrada e saída portuária importante da colônia.

12/08/05

 

 

 

 

 
 
 

 

 

 

 

©HistóriaMais 2005/2014    Política de Privacidade     historiamais@historiamais.com