Conteúdo

Home

História Geral

História do Brasil

Atualidades

Cultura

Biografias

Curiosidades

 

Cronologia

Brasil

Mundo

 

Calendário

Datas Comemorativas

 

Links

Enem

Fuvest

Prouni

Mec

Une

 

 

 

 

 

 

 

História do Brasil

A Revolução Praieira

O último conflito de grandes proporções do Segundo Reinado foi a Revolução Praieira, ocorrida em Pernambuco, resultado da crise econômica européia, que gerou a diminuição das exportações de açúcar e algodão.

Nessa fase Pernambuco era dominado por grandes famílias latifundiárias e as oportunidades para o Partido Liberal, formado pelos pequenos lavradores, eram poucas.

O Partido Liberal tinha como seu principal divulgador o jornal Diário Novo, situado na rua da Praia. O movimento ganhou força, espalhando-se para o interior da província. Com a subida ao poder dos liberais em 1844, foi nomeado como governador Chichorro da Gama, que, se não era um praieiro radical, ao menos procurava cumprir as leis.

Com a queda dos liberais no Rio de Janeiro (1848), os conservadores retomaram o poder em Pernambuco. Esse fato deflagrou a revolução em 7 de novembro 1848, que se alastrou por toda província.

Houve um manifesto elaborado pelos revolucionários em janeiro de 1849, que apresentava as seguintes reivindicações:

  • Voto livre e universal.

  • Liberdade de pensamento.

  • Trabalho para todos.

  • Comércio nacionalizado.

  • Independência dos poderes.

  • Organização do país em Estados autônomos.

 

 Derrotado, o Partido Liberal assume posturas muito semelhantes às do Partido Conservador.

20/07/05

 

 

 
 
 
 

 

 

 

 
 
 

 

 

 

 

©HistóriaMais 2005/2014    Política de Privacidade     historiamais@historiamais.com